5 de nov de 2011

Cheats e mais cheats



Em eras remotas saber os cheats dos jogos era apenas um dom concedido aos meus nobres pelos deuses, pois a long long time não tinhamos a mãe internet e o pai google a nossa disposição como hoje em dia. Então ai vai uma matéria sobre o melhor dos cheats na década dos 8 e 16 bits.

Mortal Kombat

Quando Mortal Kombat finalmente despontou nos consoles caseiros uma legião de jogadores ávidos por sangue celebrou o fim da exclusividade das máquinas arcade. Você finalmente poderia decapitar seus colegas, arrancar suas espinhas, incendiar suas carcaças e tomar banho com litros de sangue virtual, ou não.

A edição de Mortal Kombat para o SEGA Genesis (ou Mega Drive) e Super Nintendo (SNES) apareceu sem o famoso fluido vital os jogadores hematófilos levaram um “Fatality” da censura. Porém, para saciar o desejo dessa turba sedenta por sangue um cheat (A, B, A, C, A, B e B) desbloqueava toda a sanguinolência de Mortal Kombat na versão para o Mega Drive.


NBA Jam

NBA Jam era um jogo dinâmico e muito bem humorado. A ação acelerada e o tom cômico ditava o ritmo das partidas de basquete estreladas por jogadores representados em animações altamente estilizadas.

Como se o jogo por si só já não fosse suficientemente insano, a Midway — então desenvolvedora do jogo — recheou o título com cheats hilários, capazes de criar combinações altamente inusitadas. Da tradicional bola incandescente até a conjuração de presidentes estadunidenses com cabeças gigantes, os cheats de NBA Jam ficaram para sempre gravados na história dos video games.


Sonic the Hedgehog

Ouriço, porco-espinho, pouco importa. Seja lá qual for a classificação biológica do Sonic com o modo de depuração (debug mode) você pode alterar todo jogo, transformando a mascote da SEGA em qualquer objeto, além de alterar a velocidade da ação e manipular inúmeras características do título.

Bastava pressionar cima, C, baixo, C, esquerda, C, direita, C, start e segurar o botão A na tela inicial para entrar no console de comando. O debug mode é uma ferramenta de edição com a qual você pode alterar vários aspectos do jogo.


Mike Tyson’s Punch Out

Cansado de lutar contra pugilistas amadores? Quer desafiar um verdadeiro campeão mundial dos pesos pesados? Fácil, em Mike Tyson’s Punch Out você podia ir direto para a grande final e encarar o “Iron Mike” sem ter que passar por todos os lutadores etnicamente caricatos de Punck Out.

Os jogadores mais masoquistas certamente devem se lembrar com carinho das sequências devastadoras do “Kid Dynamite”. Para adiantar as surras bastava inserir o código 007 373 5963 na tela de password e pronto, seu funeral já estava encomendado e você ia direto para a luta final contra Mike Tyson.


The Legend of Zelda

Terminar o primeiro Legend of Zelda era uma experiência sensacional, mas mesmo para o mais entusiasta dos jogadores, encarar toda aventura novamente apenas para conferir algumas pequenas mudanças podia ser algo extremamente extenuante. Para quem não sabe, a notória “Second Quest” de Legend of Zelda era desbloqueada quando você terminava o jogo pela primeira vez, habilitando novas roupas e masmorras.

Todavia, se fechar o jogo uma vez já era difícil, terminá-lo duas vezes era praticamente torturante. Assim, para sublimar algumas longas horas de jogo e embarcar diretamente na “Second Quest” bastava se utilizar de um artifício engenhoso. Na hora de nomear o seu personagem, bastava inserir ZELDA como o nome do protagonista e pronto.


Metroid

Curvas digitais nunca foram tão sensuais quanto no momento em que Samus Aran removeu o seu traje de combate e revelou suas formas femininas em Metroid. Os jogadores encontraram pela primeira vez uma protagonista capaz de rivalizar com encanadores italianos bigodudos e o melhor de tudo, ela era uma mulher com trajes de banho.

Todavia, antes de poder conferir toda a beleza pixelada de Samus você deveria terminar o jogo. A não ser que você conheça Justin Bailey. Isso mesmo, ao digitar o nome Justin Bailey, seguido de doze espaços na tela de password, Samus aparece sem seu icônico traje espacial, usando apenas uma pequena e reveladora rouba de 8-bits.


Sim City

Preparando a sua cidade virtual para receber a Copa do Mundo? Quer revitalizar o seu parque esportivo para abrigar às próximas Olimpíadas? Fácil e o melhor de tudo é que você nem precisa se preocupar com a verba. Sim City para o SNES é um jogo fantástico, pela primeira vez os jogadores tiveram um gostinho da administração pública eficiente. Porém, tudo ficava muito mais difícil quando você se via limitado por restrições financeiras.

Infelizmente é preciso de um gordo orçamento para tocar uma grande metrópole, mas existe uma solução simples. Calma, você não precisa fraudar nenhuma licitação, basta seguir o seguinte plano de regime orçamentário: diminua todos seus impostos para 0%. Quando a tela de taxação anual aparecer segure o botão L e clique para continuar. Sem soltar o botão L, pressione X duas vezes e pule o mês de janeiro, volte para a edição de impostos e eleve a taxação para 100% e pronto, você acabou de elevar seu orçamento para $999,999.

Doom

Um dos maiores clássicos dos jogos de tiro em primeira pessoa também possui um dos maiores arsenais de cheats. Doom estava recheado de demônios cibernéticos de Marte e para superar tais agruras você precisava ser osso duro.

Para quem não passou pela escola de formação de heróis do Capitão Nascimento, o jogo contava com uma vasta seleção de cheats que conferiam poderes divinos ao seu personagem, além de desbloquear conteúdos extras secretos. Quem não se lembra dos códigos IDDQD (invencibilidade), IDCLIP (intangibilidade) e IDCLEV## (warp).


International Superstar Soccer Deluxe

Como se a genialidade futebolística do maestro Allejo já não fossem suficientes, International Superstar Soccer Deluxe também contava com outras maravilhas digitais. A magia do futebolista virtual era tão grande que seu brilhantismo era capaz de transformar o trio de arbitragem em cães.

Tudo bem, na verdade quem fazia isso era você mesmo, ao pressionar o infame Konami code na tela inicial. Pronto, agora o trio de arbitragem vai correr atrás da bola, para brincar, morder e fazer outras cachorradas.


Contra

O Konami code é tão importante para o mundo dos video games que há muito já extrapolou os jogos, virando um elemento altamente difundido na cultura pop mundial.

Estampado em camisetas e proferido em filmes e séries, o Konami Code sugiu como um cheat para o jogo Contra. Na época, o título era um dos mais difíceis do saudoso Nintendinho e conferia 30 vidas para quem executasse a combinação “cima, cima, baixo, baixo, esquerda, direita, esquerda, direita, B, A, start” na tela de abertura do jogo.


Matéria retirada do site TecMundo

Um comentário:

  1. Perfeito! Ótima postagem, não espanta ser a mais vista do Blog XD
    Quero saber se aceita parceria, vou deixar o nome do meu Blog aqui não deixe de me mandar um E-mail falô ?!

    OldGamingFever < Pesquisa no Google, não vou deixar Links ;)

    ResponderExcluir